Galopando
Acreditar nas sementes
Mantê-las bem quentes nas mãos
Saber ter o livro dos ventos
Saber bem do cheiro do chão

Acreditar nas sementes
Nunca é tarde, nunca é cedo
Plantar porque tem coragem
Plantar pois que sabe seu medo

Acreditar nas sementes
O tempo traz a experiência
Na arte da resistência
Na força da paciência

E é importante que seja
Sempre como na vez primeira
Aquela velha emoção
Explodindo a vida inteira

É, sacode a poeira
Imbalança
Imbalança
Imbalança
Imbalança
 

Login do Usuário

Usuários Online

Nós temos 81 visitantes online

Estatística

Visualizações de Conteúdo : 111864