Pois é, seu Zé
Ultimamente anda matando até cachorro a grito
E a platéia aplaudindo e pedindo bis
Nas refeições uma cachaça, às vezes, um palito
E a platéia aplaudindo e pedindo bis
Ando tão mal que ando dando nó em pingo d'água
Só mato a sede quando choro um pouco a minha mágoa
Mas a platéia ainda aplaude e pede bis
A platéia só deseja ser feliz

Te vira, te vira
Bota um sorriso nos lábios
De tanto andar na corda bamba, sou equilibrista
E a platéia aplaudindo e pedindo bis

Equilibrando a vida e a morte sou malabarista
E a platéia aplaudindo e pedindo bis
Mas não me queixo dessa sorte, sou um comodista
E já me chamaram por aí de verdadeiro artista
Pois a platéia ainda aplaude e ainda pede bis
A platéia só deseja ser feliz
 

Login do Usuário

Usuários Online

Nós temos 27 visitantes online

Estatística

Visualizações de Conteúdo : 111837